Certamente você já ouviu falar em padrões de cores e a importância deles na indústria gráfica, ao reproduzir a tonalidade exata.

Mas você sabe a diferença entre eles? Não!? Então confira abaixo:

  • RGB

O padrão de cor RGB é composto por 3 cores (vermelho, verde e azul) que através da intensidade de emissão, produz as novas cores. Esse padrão é utilizado em dispositivos que emitem luzes como monitores, TVs, Displays, Lâmpadas, LEDs entre outros.

  • CMYK

Já o padrão de cor CMYK, é composto por 4 cores (Cyan, Magenta, Yellow e Black). São as cores bases do processo de impressão por quadricromia. Sua mistura com intensidades de 0% a 100% possibilita a reprodução das demais cores.

  • Spot Color

O Spot Color (conhecido também como uma cor exata) é a forma de padronizar e normalizar cores de acordo com sua reprodução.

O padrão mais conhecido no mercado gráfico é o Pantone*, que disponibiliza diversas  bibliotecas de acordo com o processo de impressão, aplicação, tonalidade dentre outros critérios que facilitam a comunicação entre o cliente e a gráfica.

Em geral uma cor exata é considerada mono, ou seja, uma cor direta sem a composição de outras que dificultem a reprodução de algumas cores com o processo CMYK.

*PANTONE Orange 021 C é uma cor mono e o PANTONE Orange 021 CP é uma cor representada pelo Sistema CMYK.

Agora que você já sabe a diferença entre os padrões, você deve estar se perguntando, mas qual padrão é melhor?

As Impressoras Digitais permitem utilizar perfis de entrada que irão interpretar da melhor forma as cores de acordo com a captura ou construção do arquivo.

O ideal é que a construção do arquivo seja em CMYK. Porém fotografia, digitalização e web são geralmente capturadas em RGB e sua conversão pode acarretar em falta de qualidade, contrastes, brilho, entre outros problemas que terão interferência no resultado final do impresso.

O Software RIP exclusivo da Mimaki RasterLink 6  possui formas de interpretar o Spot Color através de perfil de cor ou bibliotecas internas, possibilitando a reprodução em CMYK o mais próximo possível das cores exatas.

Sobre o autor:
Leonardo Freitas –
Especialista de Desenvolvimento de produtos da linha UV da Mimaki Brasil

 

 

Confira o conteúdo anterior sobre extensões de arquivos

Gostou do nosso conteúdo? Não percam a continuação na próxima semana!

0 Comentários

Deixe um comentário